SREC a marcar gerações  – setembro de 2011

Sobre o Ano Letivo
2010/2011


ANO LETIVO

Para conhecer melhor o novo ano letivo, descarregue a apresentação que a Secretaria Regional de Educação e Cultura (SREC) lançou no Portal SREC.

A informação é publicada com base nas atribuições das entidades tuteladas pela SREC e inclui as áreas de maior relevo para a comunidade educativa.

Apresentação do ano letivo 2011/2012 (portefólio PDF)

[imagens da Escola Profissional de São Martinho]


OFERTA/PROCURA

Em cada ano letivo, a adequação entre a oferta de vagas nos estabelecimentos de educação e ensino, pelo sistema educativo, e a procura de colocação de crianças e jovens, pelas famílias, é um indicador real da maturidade desse mesmo sistema.
No âmbito nacional, assiste-se a alguma assimetria de longo prazo na oferta/procura, acentuada pelo incremento na procura de vagas na oferta pública em consequência das atuais dificuldades económicas das famílias.
Na Região Autónoma da Madeira, o equilíbrio oferta/procura tem sido consolidado ao longo dos anos em função de opções que diferenciam o sistema regional, sendo que o reordenamento escolar regional se aproxima da conclusão.

Reordenamento da Rede Escolar
 Rede Inicial  308  Desde 1994  Faltam  Rede Final
 Escolas Encerradas    163  13  176
 Reabilitações de Edifícios    60  7  67
 Novas Escolas    89  5  94
 Rede Atual  234      226

[caixa]

Equilíbrio entre oferta e procura escolar

O ambicionado equilíbrio oferta/procura tem sido um objetivo central da Secretaria Regional de Educação e Cultura desde que – em 1995 – iniciou o reordenamento escolar, com abertura e encerramento de estabelecimentos de educação e ensino ou remodelações de espaços e edifícios, considerando a evolução demográfica e sem desperdício de recursos.
De igual modo, a articulação entre sistema público e privado, bem como o apoio planeado e controlado ao ensino particular e cooperativo têm contribuído para esse equilíbrio e para que os cidadãos, independentemente da sua origem social, tenham acesso a Educação de qualidade.
O processo de escolha de escola, aberto e livre (apenas limitado pela capacidade estrutural de cada uma), facilita – ainda – a distribuição da procura de acordo com as necessidades familiares.
 

MAIS AINDA

Em conferência de imprensa, o Secretário Regional de Educação e Cultura, Francisco Fernandes, apresentou os dados mais relevantes do novo ano letivo. Escolha e ouça as passagens que mais lhe interessam.

[caixa]
Secretário Regional de Educação e Cultura, Francisco Fernandes

Faixa 1
– O número de alunos e professores
– As infraestruturas e as ofertas educativas

Faixa 2
– Os materiais escolares e a ASE
– Os cursos de Educação e Formação
– O investimento na Matemática e no Português
– A aposta nas Artes e no Desporto

Faixa 3
– A Escola Profissional de São Martinho
– A colocação de professores e as necessidades

----------------------------------------------------------------

Madeirenses nos Jogos Olímpicos
Londres 2012

APURADOS

Dentre os vários praticantes desportivos de topo oriundos da Região Autónoma da Madeira, dois conseguiram já o apuramento para os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres.

Saiba um pouco mais sobre Helena Rodrigues, canoísta do Clube Naval do Funchal, e Alberto Paulo, atleta do meio-fundo do Club Sport Marítimo.

Acompanhe as novidades sobre estes e outros olímpicos madeirenses em www.idram.pt.
 

HELENA RODRIGUES
[imagem de Helena Rodrigues]

Nome: Helena Isabel Neves Reinold Rodrigues

Data de nascimento: 2 de dezembro de 1984

Naturalidade: Funchal (Madeira)

Residência: Funchal / Montemor-o-Velho

Profissão: Estudante

Clube: Clube Naval do Funchal

Início de atividade: 1996
 

Helena Rodrigues, canoísta do Clube Naval do Funchal, é primeira madeirense a garantir o apuramento para os Jogos Olímpicos de Londres em 2012, atingindo a conseguindo a segunda presença olímpica, depois da primeira participação em Pequim 2008.

O feito foi alcançado nos Campeonatos do Mundo de Canoagem, que decorreram em Szeged, na Hungria. Elemento da equipa de Portugal em K4, juntamente com Teresa Portela, Joana Vasconcelos e Beatriz Gomes, conseguiu a presença na final A dos 500 metros. O apuramento para as próximas Olimpíadas foi garantido uma vez que a Austrália também entrou na final e, tratando-se de uma nação de fora da Europa, as nove finalistas garantiram o acesso direto aos Jogos de Londres.

Em 2009 foi medalha de Bronze nos Mundiais de Darmouth, em K4 200 metros.

Em 2008 foi medalha de Ouro, na Taça do Mundo III, em Poznan, em K2 200 metros e medalha de Bronze, em K4 500 metros.


ALBERTO PAULO
[imagem de Alberto Paulo]

Nome: Alberto Casimiro da Costa Paulo

Data de nascimento: 3 de outubro de 1985

Naturalidade: Calheta (Madeira)

Residência: Calheta

Profissão: Estudante

Clube: Club Sport Marítimo

Início de atividade: 2002


Alberto Paulo, atleta do Club Sport Marítimo, garante a sua participação nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, depois de marcar presença nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008.

O tempo de 8.22,41 nas eliminatórias dos 3000 metros obstáculos, no Campeonato do Mundo disputado em Daegu, na Coreia do Sul, concedeu-lhe o apuramento.

Ainda este ano, o atleta madeirense, em representação da Universidade da Madeira (Uma), participou igualmente nos Mundiais da China, onde se sagrou Campeão Mundial nos 3000 metros obstáculos, com o tempo de 8.32.26.

Em 2006, foi 2.º classificado nos Jogos da Lusofonia.

No ano de 2009, venceu a prova de 3000 metros obstáculos nos Jogos da Lusofonia e foi 29.º classificado nos Mundiais de Berlim.

Alberto Paulo detém 10 títulos de campeão nacional em diversas distâncias, desde os 3000, 5000 e 10 000 metros, aos 3000 metros obstáculos.

Foi campeão nacional de clubes em 3000 metros obstáculos.

É campeão regional nos 1500 metros.

----------------------------------------------------------------

 A SREC convida…

Participe no Seminário “Sobredotação”

Nos próximos dias 23 e 24 de setembro, o seminário “Sobredotação – Perspetivas, percursos e desafios” traz ao Funchal três conferencistas de relevo, como sejam Leandro de Almeida (Universidade de Minho), Marcelino Pereira (Universidade de Coimbra) e Sara Bahia (Universidade de Lisboa).

Professores, académicos, pais, psicólogos, técnicos e estudantes interessados na sobredotação, nos talentos e na excelência participam neste evento organizado pela Direção Regional de Educação Especial e Reabilitação (DREER) com o apoio da CRIAMAR.

As inscrições ainda estão abertas…

Folheto (em formato PDF)

[caixa]
Entrevista com a responsável da organização Mónica Teixeira para o programa Educando

Faixa 1
– O conceito de sobredotação
– Os objetivos e os conferencistas

Faixa 2
– Os temas abordados
– A exposição plástica

Faixa 3
– As inscrições e os destinatários
– Um alerta para pais e professores

Saiba mais em www.madeira-edu.pt/dreer e em www.facebook.com/DREERMadeira.

Responda acertadamente e participe no Seminário “Sobredotação”!


QUESTÃO

Como se designa a exposição plástica apresentada durante o seminário?

Como participar:
CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO
1. As duas primeiras respostas certas recebidas no endereço GIIP@madeira-edu.pt dão direito à inscrição Seminário “Sobredotação”.
2. A mesma pessoa só poderá responder por uma vez.
3. O nome e o telefone de contacto do respondente deverão ser enviados com a resposta.

----------------------------------------------------------------

Login