SRE a marcar gerações  – maio de 2015

Bibliotecas Escolares
Histórias em Palco

IMAGENS

[Fotografias de ‘Histórias em Palco – Um tributo ao Teatro’]

'Histórias em Palco – Um tributo ao Teatro'
Técnicos superiores de bibliotecas escolares

PROJETO

Sensibilizar os alunos e o público em geral para o texto dramático foi o objetivo da iniciativa que culminou numa homenagem ao Teatro, organizada pelos Técnicos Superiores de Bibliotecas Escolares (TSBE), a 5 de maio de 2015, no Teatro Baltazar Dias –Funchal.
“Histórias em Palco” resultou do trabalho de grupo anual dos TSBE da Região Autónoma da Madeira, enquadrado pela Direção Regional de Educação e conduzido no sentido de motivar para a leitura, em especial no primeiro ciclo. Ao longo do ano, foram trabalhados textos de períodos desde a antiguidade clássica até à atualidade, divulgando e explorando o texto dramático com vista à sua representação.
Após a animação de rua e a visita à exposição temática “Teatro Vivo”, foi levado à cena um número de humor com um diálogo entre Gil Vicente e William Shakespeare. Seguiu-se um colóquio com Francisco Caldeira, Miguel Vieira, Eduardo Luiz e Marlene Abreu  sobre Teatro na Escola. Uma dramatização da “História do Bom Viver” (incluída nos “Continhos Populares Madeirenses”) encerrou esta iniciativa que mobilizou alunos, professores e técnicos de biblioteca de todas as escolas públicas do primeiro ciclo do ensino básico da RAM.

SONS

Faixa 1
Diretor Regional da Educação, Marco Gomes
Coordenador do projeto, António Pimenta

Faixa 2
Técnicos de biblioteca
Escola do Lombo da Guiné (Calheta), Elisabete Perestrelo
Escola de Machico e Água de Pena, Nuno Silva

Faixa 3
Excerto de número de humor
Gil Vicente e William Shakespeare

Faixa 4
Oradores do colóquio 'Teatro na Escola'
Eduardo Luíz, Francisco Caldeira e Miguel Vieira

Faixa 5
Dramatização de continho madeirense
“História do Bom Viver”

Faixa 6
Professores e alunos presentes em palco 

----------------------------------------

Semana das Artes de Palco
CEPAM

SEIS DIAS

De 4 a 9 de maio de 2015, o Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira (CEPAM) organizou a Semana das Artes de Palco, em que treze formadores externos orientaram masterclasses de música, dança e teatro para 132 alunos – 26 do ensino artístico especializado, 105 do ensino profissional e um aluno da Direção de Serviços de Educação Artística e Multimédia (DSEAM).
Com duração de entre 10 e 40 horas, estas formações foram acompanhadas por 31 docentes do CEPAM e um externo, permitindo uma troca de experiências valiosa. O elevado nível artístico e pedagógico dos formadores convidados ajudou na aferição dos conhecimentos dos alunos, na perspetiva do prosseguimento de estudos para o ensino superior. A apresentação do trabalho desenvolvido foi, também, um dos propósitos da iniciativa, tendo decorrido 11 concertos abertos ao público.

[destaque]
Formadores convidados
Ana Telles (piano)
Claudio Marcotulli (guitarra)
Eliot Lawson (violino)
Eric Gonzalez (obué)
Fernando Ramos (saxofone)
Francisco Loreto (clarinete)
Jorge Almeida (trompete)
Jorge Alves (viola d’arco)
Lorenzo Mastropaolo (fagote)
Luís Sousa (trompa)
Maria Henrique (teatro)
Marco Fernandes (percussão)
Theresa Silva (dança)

[destaque]
Ano letivo de 2015/2016
ENSINO PROFISSIONAL
– Inscrições até 07/07/2015
ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO
– Renovações de matrícula até 10/07/2015

SONS

Entrevistas, excertos de aulas e de concertos

Faixa 1 – Masterclass de Percussão

Formador Marco Fernandes
Aluno Emanuel Ornelas

Faixa 2 – Masterclass de Saxofone
Formador Fernando Ramos
Aluna Mariana Paixão

Faixa 3 – Masterclass de Trompete
Formador Jorge Almeida
Aluna Tatiana Fernandes

Faixa 4 – Masterclass de Viola d’Arco

Formador Jorge Alves
Aluno Francisco Caldeira
Aluna Anna Juhasz (violoncelo)

Faixa 5 – Masterclass de Obué
Formador Eric Gonzalez
Aluna Sofia Santos

Faixa 6 – Masterclass de Trompa
Formador Luís Sousa
Aluno Pedro Correia

Faixa 7 – Masterclass de Violino
Formador Eliot Lawson
Aluno Nikita Kuts

Faixa 8 – Masterclass de Fagote
Formador Lorenzo Mastropaolo
Aluno Filipe Oliveira

Faixa 9 – Masterclass de Clarinete
Formador Francisco Loreto
Aluno Emídio André Costa

Faixa 10 – Masterclass de Dança
Formadora Theresa Silva
Aluna Cristina Câmara

Faixa 11 – Masterclass de Teatro
Formadora Maria Henrique
Aluna Eva Duarte

Faixa 12 – Masterclass de Guitarra
Formador Claudio Marcotulli
Aluno André Silva

Faixa 13 – Masterclass de Piano
Formadora Ana Telles
Aluna Alina Taraban

Faixa 14 – Diretora do CEPAM
Tomásia Alves

Faixa 15 – Excertos de diferentes concertos

IMAGENS


[fotografias da Semana das Artes de Palco]

A SRE convida…
‘Tecnologias de Apoio para Pessoas com Deficiência’

PASSATEMPO

Ganhe um livro editado pela FCT sobre tecnologias de apoio!

As tecnologias de apoio para pessoas com deficiência são produtos, serviços ou práticas que visam promover a sua qualidade de vida, com o aumento da sua funcionalidade.
Neste âmbito, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) editou um livro – com autoria de Pedro Encarnação, Luís Azevedo e Ana Rita Londral –, em que é apresentada uma visão geral desta área científica multidisciplinar. Na obra ‘Tecnologias de Apoio para Pessoas com Deficiência’ caracterizam-se potenciais utilizadores e apresentam-se exemplos de tecnologias de apoio existentes no mercado, organizados por áreas funcionais (mobilidade, manipulação, comunicação, orientação e cognição). Descreve-se, ainda, o enquadramento legal da prescrição de tecnologias de apoio em Portugal.

[CAIXA]
Funcionalidade?
«A problemática da deficiência centra-se hoje em dia na funcionalidade da pessoa, i.e. na atividade dinâmica que uma dada pessoa quer realizar, tendo em conta as condicionantes pessoais e do contexto em que a atividade tem lugar, e não nas eventuais incapacidades da pessoa. Nesta visão holística da deficiência, todos experimentamos, em diversas situações, limitações à nossa funcionalidade, como, por exemplo, quando queremos falar para uma grande audiência e o volume da nossa voz não é suficiente, ou quando queremos aceder a um edifício com escadas empurrando um carrinho de bebé. As Tecnologias de Apoio podem aumentar a funcionalidade de uma pessoa aumentando as suas capacidades (e.g. um sistema de amplificação de som permite elevar o volume da voz) ou diminuindo as barreiras colocadas pelo contexto (e.g. uma rampa de acesso permite vencer escadas mesmo com um carrinho de bebé ou deslocando-se numa cadeira de rodas).»
Pedro Encarnação

Para saber mais sobre o livro, contacte o distribuidor (Anditec).

WWW – www.anditec.pt
PDF – índice

Responda certo e receba um exemplar do livro!

QUESTÃO

‘No contexto das necessidades especiais, o que é a CIF?’

Como participar:
CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO
1. Cada uma das três primeiras respostas certas recebidas no endereço GIIP@madeira-edu.pt dará direito a receber o livro ‘Tecnologias de Apoio para Pessoas com Deficiência’, amavelmente oferecido pela Anditec, Tecnologias de Reabilitação, Lda.
2. A mesma pessoa só poderá responder por uma vez.
3. O nome e o telefone de contacto do respondente deverão ser enviados com a resposta.
4. O momento de entrega das publicações será registado para divulgação pública.

----------------------------------------

Login