SRE a marcar gerações  – fevereiro de 2014

Centros para a Qualificação e o Ensino Profissional

CQEP

Estruturas do Sistema Nacional de Qualificações, os Centros para a Qualificação e o Ensino Profissional (CQEP) interligam a educação, a formação e o emprego, numa perspetiva de aprendizagem ao longo da vida. Ao invés dos Centros de Novas Oportunidades (CNO), ora extintos, os CQEP não visam dar formação e não se destinam apenas a adultos; antes encaminham e apoiam as pessoas para o percurso adequado, como o prosseguimento de estudos e/ou a transição/reconversão para o mercado de trabalho.
A ANQEP, I.P. acompanha e avalia os CQEP, em termos nacionais. Por sua vez, a Direção Regional de Qualificação Profissional (DRQP) define e orienta as políticas relativas ao sistema de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) na RAM. Os CQEP são, ainda, parceiros nucleares regionais na aplicação do Programa Garantia Jovem.

[caixa]
Destinatários
– Jovens com idade igual ou superior a 15 anos ou, independentemente da idade, a frequentar o último ano de escolaridade do ensino básico;
– Adultos com idade igual ou superior a 18 anos, com necessidades de aquisição e reforço de conhecimentos e competências.

[caixa]
CQEP na Região
– Direção Regional de Qualificação Profissional (DRQP)
– Escola Profissional de Hotelaria e Turismo da Madeira (EPHTM-CELFF)
– Escola Profissional Cristóvão Colombo (EPCC)

Aposta no RVCC Profissional
(Áreas de Educação e Formação)

[caixa]
DRQP
Construção Civil e Engenharia Civil
Construção e Reparação de Veículos a Motor
Eletricidade e Energias
Materiais (indústrias da Madeira, Cortiça, Papel, Plástico, Vidro e Outros)
Metalurgia e Metalomecânica
Secretariado e Trabalho Administrativo

[caixa]
EPCC
Audiovisuais e Produção dos Media
Contabilidade e Fiscalidade
Ciências Informáticas

[caixa]
EPHTM-CELFF
Turismo e Lazer
Hotelaria e Restauração

FLUXOGRAMA

[imagem do fluxograma]
Etapas de Intervenção dos CQEP

Recolha, Validação, sistematização e divulgação da informação
- Acolhimento =»
- Diagnóstico =»
- Informação e Orientação =»
- Encaminhamento =»

Monitorização (após encaminhamento)
a) - Ofertas de educação ou de educação e formação profissional ou
b) - Reconhecimento e validação de Competências
- Certificação de Competências

SAIBA MAIS

Sobre os CQEP (PDF)
www
Facebook
Correio eletrónico

A diretora regional da Qualificação Profissional, Sara Estudante Relvas, esclareceu no Educando – programa da SRE difundido em quatro rádios da RAM – algumas dúvidas adicionais sobre os CQEP. Os horários de emissão do Educando e outras informações estão disponíveis em http://educando-sre.blogspot.pt.

[caixa]
Faixa 1
- A filosofia dos CQEP
- O público-alvo
Faixa 2
- As etapas de intervenção
- Os serviços prestados
- Os profissionais dos CEQP
Faixa 3
- As áreas dos CQEP regionais
- O esclarecimento de dúvidas

----------------------------------------

 

Apoio excecional no Ensino Superior

CARACTERÍSTICAS

[carimbo]
candidaturas em aberto

Os estudantes de ensino superior deslocados para fora da Região Autónoma da Madeira são – desde há muito – apoiados, financeiramente, pelo Governo Regional. A partir de 2013/2014, também os estudantes que frequentam estabelecimentos de ensino superior na Madeira podem candidatar-se a um apoio excecional. Este alargamento do público-alvo dos apoios regionais é mais um contributo do Governo para ajudar à permanência no ensino superior de estudantes que face à atual conjuntura do País vivem com maiores dificuldades económicas.

O apoio tem um valor de 42,50€ por mês.

[caixa]
Condições do apoio

Este apoio é concedido desde que, cumulativamente, os estudantes:
a) Façam prova de que frequentaram e concluíram a totalidade de um curso de ensino secundário num estabelecimento de ensino da Região Autónoma da Madeira;
b) Usufruam de bolsa de estudos da Direção-geral do Ensino Superior;
c) Tenham uma capitação mensal calculada no âmbito da candidatura à bolsa referida na alínea anterior não superior a 350,00€.

Estão dispensados da condição estipulada na alínea a) os estudantes filhos de emigrantes portugueses naturais da Região Autónoma de Madeira.

Cabe ao Gabinete do Ensino Superior (GES), da Direção Regional de Juventude e Desporto (DRJD), proceder à gestão e desenvolvimento destes programas de apoio financeiro.
Apesar da ampla divulgação que foi efetuada junto dos eventuais interessados, foi decidido alargar o prazo para a realização das candidaturas. Dado que a aplicação informática de apoio a estas candidaturas já se encontra encerrada, as mesmas poderão ser realizadas diretamente no GES (Rua das Hortas, n.º 18, Funchal).

VALORES

[tabela]

Apoios aprovados até fevereiro de 2014
2013/2014 Local de estudo Valor mensal N.º de meses N.º de estudantes Total
Apoio Fora da RAM 170,00€ 10 1425 2 422 500,00€
Apoio Excecional Na RAM 42,50€ 10 470 199 750,00€

Nota: Não está contemplado o valor a despender com as prorrogações do apoio, que podem ser concedidas para os meses de julho, agosto e setembro.

SAIBA MAIS

www
Facebook
Correio eletrónico

O responsável do GES, João Costa e Silva, foi entrevistado para o Educando, programa da SRE difundido em quatro rádios da RAM. Os horários de emissão do Educando e outras informações estão disponíveis em http://educando-sre.blogspot.pt.

[caixa]
Faixa 1
- O serviço de avaliação de aptidões
- Os apoios financeiros aos estudantes
Faixa 2
- A divulgação e a candidatura ao apoio
- Os valores do apoio excecional
Faixa 3
- A promoção da formação superior
- A aposta regional na qualificação 

----------------------------------------

A SRE convida…
‘Casa-Museu Frederico de Freitas’

 

PASSATEMPO

Ganhe uma entrada dupla neste espaço museológico…

A Casa-Museu Frederico de Freitas é a antiga moradia de Frederico de Freitas (1894-1978), advogado e notário madeirense que reuniu importantes coleções de artes decorativas, legadas à Região Autónoma da Madeira. Inaugurada em 1988, retrata a ambiência especial da casa deste colecionador. A abertura da Casa dos Azulejos, em 1999, permite expor, num espaço criado de raiz, a abrangente coleção de azulejaria portuguesa e estrangeira, datada do século XIII ao XX.
O Serviço de Educação e de Animação, criado em 2001, divulga o museu e as suas coleções, promovendo a educação para a Arte e para a Cidadania. O programa anual de atividades apresenta um vasto leque de propostas dirigidas a professores, alunos, seniores ou adultos e adequadas a diferentes efemérides do ano.

[caixa]
Blogue
Facebook
Plano de atividades (PDF)
Correio eletrónico
Madeira Cultura

Responda certo e visite a Casa-Museu Frederico de Freitas!

QUESTÃO

‘Em que ano nasceu o advogado e colecionador madeirense Frederico de Freitas?’

Como participar:
CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO
1. A cada uma das três primeiras respostas certas recebidas no endereço GIIP@madeira-edu.pt será oferecida uma entrada dupla na Casa-Museu Frederico de Freitas.
2. A mesma pessoa só poderá responder por uma vez.
3. O nome e o telefone de contacto do respondente deverão ser enviados com a resposta.
4. O momento de entrega da publicação será registado para divulgação pública.
 

CARNAVAL

[caixa na imagem relativa a 2014]
“Cem partidas de Carnaval” é uma atividade, diferente em cada ano, vocacionada para o público escolar infantil. Este ano, o mote foi um contador do século XVIII, com episódios da vida de Hércules. A mitologia clássica, o mobiliário, a gravura são conceitos explorados durante a visita orientada e a máscara ou o adereço são o complemento prático realizado em ateliê.»

[caixa]
«O Serviço de Educação e de Animação trabalha para facilitar a comunicação com os diferentes públicos, estimulando vivências, estabelecendo diálogos e trocas de experiências, adaptando os conteúdos às caraterísticas dos visitantes.»

----------------------------------------

Login